Sauípe Fest – fique por dentro de tudo o que rolou!

O Sauípe Fest superou todas as expectativas. Esta é a única maneira de dizer o quanto a festa foi sensacional! Desde a Pool Party, passando pelos Esquentes e chegando à Arena, onde aconteceram os shows principais, o público compareceu em peso, cheio de animação fazendo Sauípe bombar!

Na sexta-feira, Jau e Peixe comandaram a animação do Sauípe, como nós já contamos pra vocês aqui antes.

No sábado, a festa começou cedo com a Pool Party, a festa na piscina para quem estava hospedado, com a DJ Renata Dias e o DJ Martinez.

A noite começou com o Esquente na Vila com a banda 5%, que lotou o espaço e fez a galera sambar pra valer!

Enquanto os portões da Arena não eram abertos, o Trio Skol Latão agitava a espera da galera na fila com sua música eletrônica!

No palco principal, quem abriu a noite foi a Timbalada, agitando Sauípe com sua percussão forte. Os timbaleiros agitaram e enfeitaram a noite com suas pinturas. O show estava super cheio e a galera foi ao delírio com seus grandes sucessos, como “Mimar você”, “Toque de Timbaleiro” e “Beija-Flor”, e também as músicas mais recentes como “Perfeita Demais” e “A Timbalada traz Axé”.

Sinta o ritmo dos tambores da Timbalada na abertura do seu show!

A atração à parte da noite foi a torcida do Bahia, que estava em êxtase comemorando a volta do time à série A. Os tricolores mostravam suas camisas e bandeiras por toda a parte, contagiando a todos com sua animação.

Também por causa do Bahia, Cláudia Leitte chegou à Sauípe vestida de Mulher Maravilha, em alusão ao Super Homem, símbolo do seu time. Seu show foi cheio de efeitos especiais e mudanças de figurino, que acompanharam as diferentes faces do seu show. Primeiro, Claudinha subiu ao palco mascarada, para cantar a música título do seu mais recente álbum, “As Máscaras”. Depois que a máscara caiu, a cantora continuou incendiando seu público com sucessos como “Extravasa” e “Beijar na boca”.

Depois, Cláudia Leitte incorpora a Famo$a para cantar o seu mais recente hit, glamourosa de vermelho, cheia de brilho!

Por último, o show tem a participação mais que especial de Tuca Fernandes, do Jammil, que sobe ao palco com Claudia Mulher Maravilha para cantar o Hino da Bahia e festejar ainda mais com a galera tricolor!

O show contou com a presença de vários fã-clubes de Claudinha, tanto fisicamente, quanto pela nossa cobertura pelo Twitter @centralcarnaval! A galera estava super animada, parecia que estavam também vivendo o show através da telinha do computador conosco.

Fechando a mega noite de sábado, Levy Lima e a banda Via Circular tocaram grandes sucessos do Axé e animaram a galera com “Colorir Papel” até o sol raiar.

Chegamos ao domingo, o dia mais bombado do Sauípe Fest! Também rolou Pool Party, já em clima de despedida do feriadão, mas com a galera muito animada ao som do DJ Enrico Masiero & Roberto Valverde e DJ Leo Ferreira. Mais uma vez, o Esquente na Villa pegou fogo. Dessa vez comandado pela banda Mr. João, da nova geração do Axé, que tocou os maiores sucessos de todas as bandas do gênero, inclusive fazendo uma prévia pra galera do show do Chicletão mais tarde!

Na Arena, quem primeiro subiu ao palco foram os meninos do Jammil e uma Noites, que abriu o show com seu sucesso “Praiero”, enlouquecendo a “sua galera”. O Jammil também comemorou muito a subida do Bahia para a série A e, mais uma vez, o público tricolor correspondeu tendo sua animação multiplicada. Tocaram também seu novo hit “Blá, blá, blá”, que já está na ponta da língua de todo mundo pro verão e lançaram a música “Cinderela”. Além das suas músicas, eles homenagearam seus amigos e cantores Tomate, cantando “A gente se vê depois da chuva”, e Via Circular, com “Colorir Papel”.

O ponto alto do Sauípe Fest foi o show do Chiclete com Banana. Uma multidão entoava todas as músicas, desde as mais antigas até as mais novas. O Chicletão abriu o show com “Eu quero esse amor”, para o delírio do público, que cantava a plenos pulmões.

Bell ficou impressionado como seus fãs sabiam cantar todas as músicas novas, “Chorarei amor”, “Minha Preta” e inclusive a mais recente, lançada há apenas duas semanas, “Meu coração voou”. Aprenda um pouquinho de cada uma delas!

Além das suas músicas próprias, o Chiclete fugiu do habitual e cantou músicas de outros cantores, como “Vamos Fugir”, do Skank, e um pout-pourri de Jorge Ben Jor. Outro momento marcante do show foi a brincadeira que Bell fez, mostrando as plaquinhas “Mais rápido”, “mais alto” e “obrigado” para comandar o público, que batia palmas marcando o tu-ta-ta de “No balanço do Chiclete”.

Com certeza, foi um grande show, mais um que ficará marcado na história do Chiclete e no coração dos fãs.

O último show da noite foi da banda Negra Cor, que fechou com todo o seu swing o Sauípe Fest até o sol raiar! O show contou com a participação do cantor Tom Black, finalista da última edição do programa “Ídolos”.

Agradecemos a todos que fizeram do Sauípe Fest uma grande festa e que estiveram presentes na nossa cobertura, tanto presencialmente, quanto pelas redes sociais.

Até o próximo evento!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s