Marcas do Camaleão

Hoje vamos retomar, com grande prazer, uma história de um daqueles que acompanhou a evolução do Carnaval de Salvador, do Camaleão, da Central do Carnaval, e evoluiu junto com eles.

Contando a história das Marcas do Camaleão ao longo do tempo, Pedrinho da Rocha!

No topo, primeiro trabalho para o Bloco Camaleão. Fui criar para eles no mesmo ano em que Luiz Caldas, recém saído do Bloco Beijo, se mudou para lá, em meados de 1984. No ano seguinte, depois da sua estréia no Camaleão, Luiz virou celebridade e ganhou o título de “Rei do Fricote”.

Eu tinha, na época, verdadeira paranóia por inventar tipologias, evidente nas três primeiras artes acima, onde a figura do “bicho camaleão” era sempre presente, até que foi substitudo pela “patinha” já na era da banda Chiclete com Banana.

Em sua primeira versão a patinha aparecia em dupla, mas diante do sucesso imediato, logo virou o grande símbolo do bloco e, para aumentar a força de sua comunicação, ano seguinte mudamos para uma só pata. Sem dúvida, a marca mais conhecida do Carnaval Baiano. (Ver postagem “A Origem da Patinha do Camaleão”)

E, graças a Pedrinho da Rocha, hoje os Chicleteiros tem seu próprio símbolo… A Pata mais amada do Brasil!

About these ads

Um comentário sobre “Marcas do Camaleão

  1. A evolução chegou no patamar ideal! Hoje em dia, é comum vermos a patinha mais amada do Brasil em carros, janelas, etc…
    Amamos o Chiclete e respeitamos o Camaleão!
    FÃ CLUBE CHICLETEMETAL / ARACAJU-SE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s